A Fog Point é uma vodka literalmente produzida com a linda neblina de São Francisco

Todo destilado tem “em média” 40% de álcool vindo das mais diferentes bases e 60% de….água, certo?  Só as vodkas em sí, podem ser feitas de inúmeras bases alcoólicas, trigo, cana, batata, beterraba, leite entre outros. A destilaria Hangar 1 localizada na Califórina, EUA, resolveu produzir uma vodka utilizando a neblina da cidade como matéria prima. São Francisco produz das mais bonitas visões que se pode ter das neblinas em cidades. Neblina, por sinal signfica Fog em inglês.san-francisco-fogA neblina de São Francisco é tão icônica quanto a própria Golden Gate Brigdge da foto acima. Para isso “captadores de neblina” são utilizados para condensar a água e então ser diluída com o álcool base. Já o álcool é feito à base de um vinho biodinâmico local produzido pela Boony Doon Vineyard. Conheça aqui também a Vodka sabor Pipoca Amanteigada.

Agora você está se perguntando como raios a pessoa consegue colher neblina para virar água, certo?  O que é esse tal de “Captador de Neblina?” Então acompanhe esse belo vídeo abaixo sobre os Catadores de Neblina, ou os Fog Catchers.

A master distiller da Hangar 1, Caley Shoemaker, disse que o projeto inicial envolve um estudo de sustentabilidade que começou com  a pergunta “Será que podemos coletar água da chuva?” “Será que podemos dessalinizar água do mar?” até que uma das pessoas da equipe sugeriu que usassem uma técnica de captação de neblina utilizada nas montanhas do Nepal. Ainda só está sendo vendida para alguns estados americanos, e é claro, não será um produto global, até porque neblina tem fim. Mas até agora, a empresa vendeu 2.500 unidades do produto e quem se interessar e estiver por perto, cada garrafa de 700 ml custa US$125. A Naga Chilli Vodka é a mais apimentada do mundo. Saiba porque.  

Receba nossa newsletter com os melhores artigos do universo da mixologia.

Obrigado por se inscrever!