Prove que é um ser humano: 6   +   8   =  

Aprenda a preparar o drinque Rosé Quartz, do bartender paranaense Diego Bastos

Um gim e uma tônica para dominar o mundo. Foi com essa ideia em mente que o bartender Diego Bastos criou o seu Rosé Quartz, vencedor do Diageo Cocktail Journey em 2016, a etapa regional do Diageo World Class, mais conhecido também como o grande “campeonato mundial da coquetelaria”.

O nome do drinque inspirou-se no Rose Quartz, cor do ano – junto com Serenity, um tom azulado – mas também na pedra de mesmo nome, uma das colorações mais raras de quartzo.
Ao lado você pode conferir a cor exata do Rose Quartz na tabela Pantone.

A bebida ao mesmo tempo remete ao espírito do seu tempo com a tendência da vez, mas reflete também uma busca incessante por garimpar os melhores ingredientes num mar de infinitos líquidos.No Rosé Quartz de Diego Bastos a potência e persistência do gim contrasta com o dulçor do limoncello e a refrescância ácida do vinho rosé sem perder a personalidade do destilado, sempre capaz de se sobressair.

Com data para se despedir do Officina Restô.Bar em Curitiba, bar que esteve à frente por três anos,  Diego é veterano de concursos e premiações e certamente um destaque na coquetelaria do sul, não apenas por criativas explorações, mas por uma carta que está sempre em busca de revelar sabores.

APRENDA A RECEITA

Rosa Quartz

50 ml gin Tanqueray London Dry
120 ml água tônica
25 ml redução de vinho Rosé Malbec com limoncello da casa
Bagas de zimbro
Casca de laranja bahia
Folhas de manjericão

Em uma taça estilo cognac (ou então estilo G&T), coloque cubos de gelo.
Acrescente gin, água tônica e todos os ingredientes.
Mexa rapidamente e sirva sem canudo.

Receba nossa newsletter com os melhores artigos do universo da mixologia.

Obrigado por se inscrever!