Prove que é um ser humano: 7   +   3   =  

Aprenda a lavar, secar e armazenar melhor as taças de cristal do seu bar

Cada vez mais, bares de alta coquetelaria tem investido em linhas especiais de copos e taças e já não é dificil encontrar drinques sofisticados em taças de cristal.

Lindas e delicadas, as taças de cristal exigem cuidados especiais na hora da limpeza e conservação. Para que a bebida exale suas propriedades originais, sem alteração do sabor, e a peça cause uma boa impressão à mesa, é preciso ter a lavagem correta.

Atualmente, é possível adquirir taças de cristal com titânio, que garantem um risco de quebra muito menor. Marcas como Spiegelau e Zwilling possuem boas opções com custo possível.

Com as dicas de Noeli Botteon, da Le Filó Organização, você aprende a manter as suas taças sempre limpas e reluzentes, na mesa ou no armário. Acompanhe os três passos mais importantes:

Lavar

Primeiramente, o ideal é limpar as marcas de batom com um guardanapo, caso haja, depois lavar em água norma, com detergente neutro, pois ajudam a eliminar resíduos de gorduras. Porém, não exagere no produto, para evitar que fiquem cheiro e sabor, que impregnam facilmente no cristal. A esponja deve ser macia e não abrasiva, para não arranhar a peça.

Enxague em água abundante, e para devolver o brilho, mergulhe-as por alguns minutos em uma vasilha em uma solução com água morna e vinagre de álcool branco.

Secar

Coloque sobre um pano limpo, preferencialmente linho, de cabeça para baixo e, depois vire com a boca para cima. Atualmente, existem tapetes próprios para secar taças de cristal, feitos de poliéster, de tamanho 40 x 40 cm. Depois de escorridas e secas, dê polimento com pano de microfibra limpo e seco.

A organização vai depender do local e do espaço físico. O ideal é ter um móvel específico, tipo cristaleira, que é destinada para guardar peças delicadas.

Armazenar

Um dos modos errados de guardar as taças é colocar as maiores atrás e as menores na frente. Separe as taças por modelo: champanhe, água, vinho, licor, e coloque-as uma atrás da outra, como uma “fila” do mesmo tamanho e do mesmo jogo. Desta forma, você poderá tirar facilmente somente a taça que for usar, sem ter que mexer nas demais. As taças que são usadas com mais frequência devem ser deixadas na parte mais baixa do armário.

Caso falte espaço, as peças podem ser colocadas em aramados fixáveis para prateleiras, deixando-as suspensas e liberando o espaço abaixo. Escolha os de metal mais firmes, para não atrapalhar o manuseio e danificá-las.

Caso precise, guarde as taças em caixas próprias, com divisórias acolchoadas, vendidas em lojas de organização. Elas são ótimas para quem as usa pouco ou precisa transporta-las.

Receba nossa newsletter com os melhores artigos do universo da mixologia.

Obrigado por se inscrever!