Talvez você prefira coquetéis a vinho, mas o New York Sour junta o melhor dos dois mundos.

Esta pequena variação do Whiskey Sour é agradável tanto aos olhos quanto ao paladar e sempre trás um sorriso a quem experimenta.

Datada do século XIX, esta inovação de coroar um Whiskey Sour com um float de vinho tinto iniciou-se em Chicago e ao início do sec.XX já era conhecida como New York Sour.

A rota feita pelo coquetel e pelo nome é desconhecida, mas a revitalização da técnica pode ser atribuida a David Wondrich que descreve em seu livro Imbibe! o “claret snap”.

Esta tradição do “snap” (toque) de Claret (vinho tinto) era tão forte em Chicago que em uma entrevista de 1883 um bartender diz: “Os homens que tomam sours esperam receber o toque de vinho em todos bares, e quando este não é colocado fazem questão de pedir.”nysourDe maneira ideal um vinho mais seco com algumas notas frutadas funciona melhor com a ideia do whiskey sour, mas fique a vontade para fazer com o vinho que você tiver em casa. Inclusive é assim que sempre faço.

O mais legal é poder brincar com diferentes tipos de vinho e produzir coquetéis com personalidades diferentes.

Assim como havia sido sugerido no texto sobre o Bee’s Knees.

Para fazer o float de vinho eu gosto de derramá-lo sobre pedra de gelo que esteja no copo, mas fique a vontade para utilizar uma colher como suporte para o vinho fazer a camada.

Este efeito do vinho sobre o coquetel é incrível de se ver e mantém-se durante todo o coquetel, desde que se beba sempre um bom gole que pegue também a parte do sour. Bebericar apenas de cima irá trazer somente o vinho para a boca. Dê um bom gole!

Caso prefira bater o vinho junto temos  um New Yorker.

Apresento agora uma receita com medidas para este delicioso clássico esquecido.

New-York-Sour2NEW YORK SOUR

60 ml de bourbon whiskey
30 ml de suco de limão siciliano
15 ml de xarope de açúcar
2 dashes de Angostura
15 ml de vinho tinto (para o float)

Bata vigorosamente os ingrediente com gelo e coe para um copo on the rocks com gelo novo.
Flutue o vinho e enfeite, se quiser, com uma casca de laranja.

Então corra logo para a coqueteleira mais próxima, tome um New York Sour e compartilhe o seu drinque do baú com alguém incrível!

Receba nossa newsletter com os melhores artigos do universo da mixologia.

Obrigado por se inscrever!